quinta-feira, 30 de abril de 2009

Objetos mais antigos do universo

Na época em que eu fazia mestrado na Usp, meu orientador e co-orientador, Amâncio Friaça e Herman Cuesta, respectivamente, propuseram um probleminha para mim, que era o cálculo da estabilidade de estrelas de hidrogênio e hélio supermassivas no início do universo.

A idéia era que tais estrelas formariam um núcleo de oxigênio e rapidamente colapsariam em um buraco negro, que seriam as sementes dos núcleos das galáxias.

Ou seja, a existência de tais estrelas seriam vitais para a formação de nossa galáxia, por exemplo, há mais de 10 bilhões de anos.

Na época em que eu estava em Barcelona, estive calculando as características do buraco negro formado. Percebi que muita gente do meio acadêmico olhava com pouca credulidade para estes objetos antigos. Alguns até aceitavam a idéia da criação das estrelas gigantes (Pop III, no jargão técnico). Mas a maioria duvidava que um buraco negro poderia ser criado a partir delas. Acreditava-se, ao contrário, que as estrelas produziram hipernovas.

No entanto, ontem para minha surpresa, uma notícia me chamou a atenção. O ESO (o observatório europeu) confirmou a observação de um objeto com altas energias, criado após alguns milhões de anos da criação do universo. E tudo indica que são buracos negros formados a partir das estrelas gigantes, que emitiriam intensamente raios gamma (figura acima à esquerda -- fonte EFE). Fiquei super feliz com a notícia. Gostaria de agradecer a Flávia por ter avisado por email.

Abaixo alguns trechos da notícia Folha Online (29/04/09):

Astrônomos europeus anunciaram nesta terça-feira (28) a detecção do objeto mais distante do Universo: uma explosão de raios gama ocorrida há 13,1 bilhões de anos --apenas 600 milhões de anos após o Big Bang.

O satélite Swift, da Nasa, detectou na última quinta-feira uma extraordinária liberação de energia na constelação de Leão. A distância do evento foi confirmada pelo telescópio VLT, do ESO (Observatório Europeu do Sul), no Chile.

As explosões cósmicas de raios gama são os eventos mais energéticos do Universo. A estrela que explodiu, virando um buraco negro, emitiu em 10 segundos mais energia do que o Sol produzirá em seus 10 bilhões de anos de vida.

"É espetacular. Esse anúncio confirma que as explosões de raios gama são fenômenos extraordinários", diz o físico Carlos Escobar, da Unicamp.

sábado, 25 de abril de 2009

E já dizia George Harrison...

Os grandes porcões comendo os pobres porquinhos... É assim que George Harrison diz na letra da música "Piggies", de 1968. Pois é. Como consequência direta do hábito, aí vai a bomba que pode virar pandemia:

Gripe Suína -- Alerta Mundial da OMS (fonte: BBC Brasil, 25/04/09)

A Organização Mundial de Saúde (OMS) alertou que a nova variedade do vírus da gripe suína identificada no México é grave e tem o potencial de virar uma pandemia.

A gripe suína é diagnosticada apenas em porcos ou em pessoas que têm contato regular com estes animais.

A nova variante da gripe suína parece ter sofrido uma mutação nos porcos e foi transmitida para humanos.

Fadela Chaib, porta-voz da OMS, confirmou que a organização notou uma "atividade incomum de gripe" a partir do final do mês de março.

De acordo com Chaib foram registradas 57 mortes na Cidade do México e todas essas vítimas tinham os sintomas da gripe.

quarta-feira, 22 de abril de 2009

Escândalo: Serra compra 220 mil assinaturas sem licitação

Como todos sabem, sou anarquista, apesar de cofundador do PSOL em 2004 (histórica fundação, lá na USP). Para mim, o governo é só uma máquina de gastar dinheiro que impõe um controle sistemático sobre a sociedade. Acredito que os seres humano regidos pela educação ética e científica, unidos em interesses comuns, poderiam levar adiante a sociedade sem a necessidade de um governo estabelecido. Mas como vivemos sob a égide de um governo estabelecido, pelo menos que esse governo respeite os cidadãos (o que está longe de acontecer, dada tanta corrupção e esbanjamento de poder).

Não dá para ficar calado depois desta (vi no sítio do Correio do Brasil):

-------
Correio do Brasil, por Altamiro Borges
14/04/2009

Primeiro, os blogs de Paulo Henrique Amorim e Luis Nassif, entre
outros, revelaram que o governo de São Paulo comprou 220 mil
assinaturas anuais da Revista Nova Escola, publicada pela Editora
Abril - a mesma que produz a Veja, porta-voz dos tucanos e do
"império do mal".

Na seqüência, a denúncia chegou ao Congresso Nacional num
pronunciamento contundente do deputado Ivan Valente (PSOL-SP).
Apesar da gravidade do assunto, que pode confirmar o conluio
entre o presidenciável tucano e a revista de maior circulação no
país, os jornalões e emissoras da televisão evitam abordar o
caso.

No seu discurso, o deputado Ivan Valente informou que protocolou
uma representação junto ao Ministério Público de São Paulo
questionando o contrato firmado entre a Secretaria Estadual de
Educação e a Fundação Victor Civita do Grupo Abril para a
distribuição da revista Nova Escola aos docentes da rede oficial.
Ele questiona o fato da milionária aquisição ter sido realizada
sem licitação pública e do governo estadual ainda ter repassado à
empresa privada os endereços dos professores, sem qualquer
comunicado ou pedido de autorização dos mesmos, o que é ilegal.

Contrato de R$ 3,7 milhões

"Nenhuma consulta a respeito de qual publicação melhor atenderia
às necessidades pedagógicas para o exercício de sua atividade
profissional foi feita aos professores. Parece mais razoável que
haja assinaturas de vários títulos de revistas, assegurando a
maior pluralidade possível de pontos de vista no debate
educacional e a livre escolha do professor...

Cabe questionar também o porque do fornecimento do mesmo título
para professores de diferentes séries e modalidades, que variam
da primeira série do ensino fundamental à terceira do ensino
médio. Esta opção deliberada desconsidera as particularidades dos
profissionais de educação", acrescentou o parlamentar.

Segundo a denúncia, o contrato representa quase 25% da tiragem
total desta revista e garantiu à empresa R$ 3,7 milhões. "Este,
porém, não é o único compromisso existente entre a Secretaria de
Educação e o Grupo Abril. Outro absurdo, que merece ação urgente,
é a proposta curricular que reduz o número de aulas de história,
geografia e artes do ensino médio e obriga a inclusão de aulas
baseadas em edições encalhadas do 'Guia do Estudante', também da
Abril.

Cada vez mais, a editora ocupa espaço nas escolas de São Paulo,
tendo até mesmo publicações adotadas como material didático.. Isso
totaliza, hoje, cerca de R$ 10 milhões de recursos públicos
destinados a esta instituição privada, considerado apenas o
segundo semestre de 2008".

Para Ivan Valente, o governo tucano tem uma "preferência
deliberada pela editora contratada... São claros os indícios de
crime contra a administração pública. A assinatura do contrato
feriu os princípios constitucionais da legalidade,
impessoalidade, moralidade e eficiência, além do que feriu o
princípio da supremacia do interesse público sobre o privado, na
medida em que há benefícios para a Fundação Victor Civita e
prejuízos aos cofres públicos.

É isto que esperamos que o Ministério Público investigue, assim
como solicitamos que tome as providências legais cabíveis para
fazer cessar imediatamente o pagamento das próximas parcelas do
contrato".
--------------------
Fonte:
http://www.correiodobrasil.com.br/noticia.asp?c=151637

terça-feira, 21 de abril de 2009

Para onde vai o dinheiro de socorro à crise...

O governo dos Estados Unidos iniciou 20 investigações por crimes e seis auditorias em torno de possíveis desvios de US$ 700 bilhões no uso da ajuda financeira estatal a bancos e montadoras de veículos, informou nesta terça-feira o inspetor do Programa de Socorro a Ativos Depreciados (Tarp, em inglês), Neil Barofsky.

Abu Dhabi e a cidade verde

Oitavo produtor mundial de petróleo, Abu Dhabi, nos Emirados Árabes, não tem medido esforços nem poupado milhões de dólares para se tornar o polo turístico da região. Mas, ao contrário da vizinha e rival Dubai, seu foco não são as construções megalomaníacas. O emirado, que está sentado em cima de uma das maiores reservas de petróleo do planeta, sabe que nada dura para sempre, e, portanto, está se preparando para o futuro -- de um jeito inédito e impressionante. O carro-chefe desse projeto é Masdar, palavra que em árabe significa "fonte". Trata-se de uma cidade que está sendo construída em uma área de 6 quilômetros quadrados nos arredores de Abu Dhabi e deverá ficar pronta em 2016. Nela, toda água consumida será reaproveitada, não haverá emissão de carbono, a produção de energia será solar e eólica, haverá um centro de pesquisa e desenvolvimento de tecnologias sustentáveis, entre outras coisas que farão qualquer ambientalista chorar de emoção.

(Fonte: Heloísa Joly, revista Viagem)

domingo, 5 de abril de 2009

Sete razões para aderir à meditação

A meditação é uma técnica muito antiga, iniciada por yogis indianos há milhares de anos atrás. Não se sabe ao certo exatamente quando. A melhor pista são os hieróglifos encontrados na antiga cidade indiana de Harappa, onde se veem desenhos representativos de pessoas em posição de meditação. Tais desenhos estão datados em cerca de 1500 a.C. No entanto, muitos indianos clamam e atestam que a chamada "ciência do yoga" ou da "meditação" já tenha sido desenvolvida antes de 8000 a.C.

De qualquer forma, independentemente desta discussão, intuitivamente qualquer pessoa é capaz de perceber que o fato de parar e ficar um pouco em silêncio já é uma atitude que pode render bons frutos para o desempenho social, profissional e geral. O fato é que de alguma forma muitas culturas religiosas ou não religiosas começaram a empregar a meditação de uma maneira mais ou menos ostensiva. Alguns exemplos podem ser citados:

Yoga: sistema cujo fim último é o contato com o ser interior (brahman), desenvolveu centenas de técnicas para se meditar. Os aforismos de Pantajali são o principal código do que é yoga (600 a.C.). Existem algumas pessoas que difundiram algumas técnicas no ocidente, como Paramahansa Yogananda (Kriya yoga) e Maharish Mahesh (meditação transcedental).

Hinduísmo: aqui, como herança direta do yoga, a meditação é largamente empregada por crianças e adultos desta religião.

Budismo: várias técnicas empregadas no budismo chinês ou japonês foram desenvolvidas na Índia (diz-se que o próprio Buda atingiu o nirvana através de um estado meditativo muito profundo), e são altamente empregadas principalmente no budismo mahayana do Tibet e no zenbudismo (meditação zazen).

Profetas semitas: muitos profetas semitas usavam a meditação como forma de encontrar inspiração para desenvolver grandes trabalhos: por exemplo, em geral os profetas judeus se retiravam para o deserto e permaneciam em jejuns e em estado meditativo por muito tempo; os grandes sufis do mundo islâmico também se retiravam para cavernas para meditar.

Santos Católicos: muitos santos católicos se retiravam para meditar em cavernas. Os principais santos que promoveram a técnica foram Juan de la Cruz e Teresa Dávila, que diziam que uma das principais ações que um ser humano poderia desenvolver para encontrar Deus era permanecer em silêncio e em meditação. A própria oração baseada no rosário é derivada da meditação sufi, budista e yogi do oriente.

Apesar da constante ligação com religiões, a meditação também tem uso independente do caráter religioso: no zenbudismo, por exemplo, não existe caráter relioso algum: deve-se meditar por meditar, com o único intuito de ter contato direto com a realidade. Nas antigas filosofias materialistas da Índia, por exemplo o sistema Sankhia, a meditação era largamente empregada, mas o fim era apenas terapêutico.

Ultimamente muitas pesquisas científicas estão sendo realizadas com pessoas que meditam muito, como os monges tibetanos. Estas pesquisas já levam a algumas conclusões. Por exemplo (a maioria destas pesquisas estão sendo desenvolvidas nos EUA):

1) Maior interação entre os dois hemisférios cerebrais, e maior harmonia entre a parte frontal e o resto do cérebro. (Do estudo realizado por Gary Kaplan, neurologista da New York University.)

2) Alta redução do estresse e eficiente estabilização da pressão sanguínea. (Do estudo de Kulreet Chaudry, neurologista e diretora do Scripps Memorial Hospital de San Diego.)

3) Maior capacidade de concentração, compreensão e manunteção do foco. (Dos estudos realizados com o Torrence Test of Creative Thinking.)

4) Aumento da criatividade. (De estudos realizados com o Torrence Test of Creative Thinking.)

5) Aumento da calma. Testes realizados durante a meditação aumentam a resistência da pele durante a prática. Resistência da pele é uma medida eletrofisiológica de calma e tranquilidade. (Estudo publicado no Physiology & Behavior 35: 591–595, 1985.)

6) Melhoria do comportamento social (do estudo realizado e publicado na Perceptual and Motor Skills 64: 1003–1012, 1987).

7) Satisfação pessoal e maior sentimento de felicidade (do estudo realizado e publicado no Journal of Social Behavior and Personality, 1991).

Para saber o que é meditação e como meditar, passarei diversos sítios a seguir, que tentarão satisfazer ao religioso, ao materialista ou ao simples curioso:

Wikipedia em inglês (muito bom):
http://en.wikipedia.org/wiki/Meditation

Wikipedia em português (em desenvolvimento):
http://pt.wikipedia.org/wiki/Medita%C3%A7%C3%A3o

Christian meditation (em inglês):
http://www.frimmin.com/faith/meditation.php

Meditação Cristã:
http://www.wccm.com.br/

Técnicas de Yogananda:
http://www.yogananda.com.br

Técnicas da Meditação Transcedental:
http://meditacao.transcendental.sites.uol.com.br/

Informações sobre cursos de meditação budista (templo Zu Lai):
http://www.templozulai.org.br/zulai.htm

Meditação e Espiritismo:
http://www.divaldofranco.com/livro_dentro.php?livro=32

Aprenda Zazen:
http://www.sotozencuritiba.org/como_praticar.php

sábado, 4 de abril de 2009

O evangelho de Jefferson, parte 1

Em uma carta de Carl Sagan a Ken Schei, ambos conhecidos pelo ferrenho ateísmo, pode-se ler o seguinte:

"My longtime view about Christianity is that it represents an amalgam of two seemingly immiscible parts: the religion of Jesus and the religion of Paul. Thomas Jefferson attempted to excise the Pauline parts of the New Testament. There wasn't much left when he was done, but it was an inspiring document."

Nas próximas postagens sobre o assunto, irei tentar mostrar o que Jefferson conseguiu como resultado. Em 1813, ele, utilizando-se de várias línguas, concluiu sua detalhada leitura dos evangelhos. Valendo-se do método de "copiar e colar", selecionou e anotou todos os aforismos morais e parábolas de Jesus, excluindo toda menção a inferno, condenação eterna, igreja institucionalizada e milagres e concluiu: "O que resta é o mais sublime e benevolente código de ética já oferecido ao homem". Os escritos obtidos por Jefferson são comumente denominados de "Jefferson Bible" ou "Bíblia de Jefferson".

quinta-feira, 2 de abril de 2009

Danos ao cérebro: cuidado AntaVírus

Por que o céu é azul?

Certamente, algum dia, nossos filhos nos farão esta pergunta. Quando eu era pequeno, ouvi diversas respostas malucas, como por exemplo: "porque além do céu está o infinito, e o azul é a cor do infinito". Logicamente, o infinito não tem cor, hehehe!

Mas, de verdade, por que o céu é azul?

Tudo pode ser simplificado e resumido a partir de uma lei descoberta por um ex-professor da Universidade de Cambridge, John Strutt, mais conhecido pelo título honorífico de Lord Rayleigh.

Rayleigh descobriu que a luz pode ser espalhada devido a alguns obstáculos do meio, como moléculas, poeira e partículas em suspensão. Ele descobriu também que a irradiância dessa luz espalhada depende do tipo de cor dessa luz (isto é, do chamado comprimento de onda da luz). Quanto mais para o vermelho for a luz, menor será a irradiância de espalhamento. Quanto mais para o violeta, maior será a irradiância.

Assim, a luz do Sol penetra na atmosfera da Terra, e é espalhada por poeira, moléculas e aerossóis presentes. A luz vermelha, a amarela, a verde e a laranja são espalhadas com muito menos irradiância que o azul e o violeta. No entanto, o sol emite muito mais luz azul que violeta. E o nosso olho é muito mais sensível ao azul que o violeta. Logo, para nós, o céu é azul.

(O Sol é uma estrela cujo pico de emissão está no azul [embora pareça amarelo, justamente porque o azul é espalhado!])

Quando a radiação é espalhada por partículas cujos raios se aproximam ou excedem em aproximadamente até 8 vezes o comprimento de onda da radiação, o espalhamento não depende do comprimento de onda (espalhamento Mie). A radiação é espalhada igualmente em todos os comprimentos de onda. Partículas que compõem as nuvens (pequenos cristais de gelo ou gotículas de água) e a maior parte dos aerossóis atmosféricos espalham a luz do Sol desta maneira. Por isso, as nuvens parecem brancas e quando a atmosfera contém grande concentração de aerossóis o céu inteiro aparece esbranquiçado.

quarta-feira, 1 de abril de 2009

Marvada Carrne

Pesquisa financiada pelo National Cancer Institute (EUA), e publicada no Archives of Internal Medicine (EUA), edição de 23 de março de 2009, sobre a relação entre consumo de carne e o câncer. O artigo pode ser lido na íntegra a partir do link (inglês):

http://archinte.ama-assn.org/cgi/content/full/169/6/562

O artigo é livre para leitura. Você pode baixar o arquivo em pdf. Se no momento em que você ler esta postagem o artigo não estiver disponível, mande um email para mim que enviarei o pdf:

carlos.coimbra(at)gmail.com

onde (at)=@.

O resumo da ópera é que o estudo mostra o que todo mundo já sabe um pouco: consumo em excesso de carne vermelha provoca alto risco de câncer e doenças cardiovasculares.

A pesquisa foi realizada com 500 mil estadunidenses entre 50 e 71 anos, e a conclusão do trabalho é que 11% das mortes em homens e 16% das mortes em mulheres poderiam ser adiadas se o consumo de carne fosse reduzido para 9 gramas do produto a cada 1000 calorias ingeridas. Isso equivale a comer dois bifes de 60 gramas por semana.

Cruzando esses resultados com informações da Organização Mundial de Saúde (OMS), o risco aumenta ainda mais dependendo do modo como é preparada a carne: o churrasco, por exemplo, é altamente cancerígeno (o carvão libera alcatrão e outras substâncias cancerígenas); e a carne de hamburguer (rica em nitritos e nitratos) aumenta o risco de câncer de estômago e intestino.

Primeiro de abril

Seria tão bom acordar e ver o Daniel Dantas aparecendo na tv e dizendo: "primeiro de abril!!!! enganei vocês, era tudo brincadeirinha, só estava fingindo que beneficiei vários políticos em troca de influência escusa e que brinquei com o dinheiro do povo brasileiro em falcatruas sem limite, num dos maiores esquemas fictícios da história do Brasil. E saibam também: Naji Nahas, PC Farias, Maluf e tantos outros também só estavam de brincadeira: ninguém superfaturou nunca, e levou benefícios por causa disso, ninguém nunca comprou votos e todos os políticos do Brasil estão limpos!!!! Primeiro de abril, hahahaha!!!!".

Seria emocionante ver Omar al-Bashir, o presidente do Sudão, aparecendo na televisão a reconhecer: "primeiro de abril!!!! foi tudo brincadeirinha: ninguém morreu e nunca mandei exterminar quinhentos mil zurgas, meus queridos irmãos do oeste sudanês. Suas crianças estão a salvo e todos aqueles que desapareceram estão vivendo bem, em casas que construí (que por acaso justifica o dinheiro desaparecido durante estes meus vinte anos de governo)".

E que tal ver Bin Laden e Bush juntos na tv, sorrindo, causando indignação, mas depois gargalhadas: "primeiro de abril!!!! o onze de setembro foi uma pegadinha, ninguém morreu nas torres gêmeas, a invasão ao Afeganistão foi só de mentirinha, o talebã nunca existiu (nunca foi o fantoche criado pelos EUA depois da invasão da URSS) e nunca o Iraque foi invadido e nunca ninguém roubou trilhões de litros de petróleo de lá. Foi tudo brincadeira!!! Ninguém morreu no Iraque e suas crianças estão todas bem: as imagens foram todas gravadas num estúdio de Hollywood!!!"

E já imaginaram, Saddam Hussein, vivo, aparecendo na tv, gritando: "primeiro de abril!!! Nunca fui presidente do Iraque e nunca matei milhares de curdos com as armas químicas fictícias que os EUA me forneceram para a guerra do Irã. O Iraque sempre foi uma nação próspera que vive sob um governo progressista e as imagens da tv são todas de mentirinha! Nunca invadi o Kuwait e aquela cena do genocídio de milhares de soldados iraquianos que os EUA exterminaram pelas costas, sem piedade, foi tudo efeito especial da Light&Magic. Nunca morri enforcado na calada da noite, e nunca fui julgado às pressas por um tribunal corrompido e sedento de sangue".

E que tal todos os cidadãos dos EUA que fizeram hipoteca: "primeiro de abril!!!! Nós nunca hipotecamos nossas casas para comprar outra casa, ou comprar carros, ou consumir como gente maluca. E nós nunca fizemos hipotecas em cima de hipotecas e quebramos o sistema financeiro como dizem. Nossos carros são todos flex, nós nunca tivemos carros gigantes como dizem por aí, que consomem mais gasolina que posto pegando fogo, nós nunca geramos o efeito estufa com nossos carros que dizem por aí. Veja o que o ex vice Chenney tem a dizer!!!"

E então, o ex vice presidente Dick Chenney entra no meio de todos e grita: "primeiro de abril!!!!! O Projeto para um Novo Século Americano nunca existiu!!! Rumsfeld, eu e Wolfowitz apenas fizemos um relatório de mentirinha, onde dizíamos que iríamos fazer de tudo para os EUA serem a nação hegemônica do mundo, para invadir países e levar uma liberdade de mentira. Eu nunca fui dono de nenhuma empresa de petróleo e nunca quisemos invadir o Iraque por petróleo. E assinamos o protocolo de Kyoto, vejam!!! Fui tudo brincadeirinha!!!!".

E no mesmo palco em que estão Chenney, e os hipotecários, entram as empresas de financiamento dos EUA, a Enron e outras a dizer: "primeiro de abril!!!! nós nunca fomos gananciosas a ponto de permitir que todos pudessem hipotecar, mesmo aqueles que sabíamos que não tinham como pagar o financiamento. Nós nunca geramos crise financeira alguma!!! Nós nunca fizemos jogo sujo nas bolsas de valores, maquiando nossa contabilidade para as pessoas acharem que a nossa empresa valia muito no mercado de ações e torrassem o seu pobre dinheiro comprando nossos papéis! Foi tudo brincadeira!!!! E não existe crise nenhuma, e está tudo certo!"

E aí entram Bill Gates, o dono da Coca-Cola e o dono do McDonalds: "primeiro de abril!!!! Nós nunca praticamos monopólio e nunca quebramos pequenas empresas que apareceram nos nossos caminhos!!! Para dizer a verdade, nós nunca existimos: ou vocês acham que alguém seria capaz de criar empresas que vendessem produtos de péssima qualidade e lucrasse como ninguém lucrou com tais produtos escusos? Não, não, nada de sistemas operacionais que travam e não permitem flexibilidade para o uso de versões antigas de programas; não, não, nada de refrigerantes açucarados que nada representam para a dieta alimentícia; não, não, nada de sanduíches que só fazem produzir câncer e doenças do coração. Nada disso existiu! Foi tudo primeiro de abril!!!!"