sábado, 26 de setembro de 2009

Tributo a Vonnegut

Antes de entrar no assunto, agradeço enormemente ao nobre primo Guilherme Luna por me introduzir nos mistérios vonnegutianos, e sem delongas, eis o que tais mistérios revelam:

Professores de crianças nos Estados Unidos escreviam a seguinte data nos quadros-negros ano após ano, dizendo que os alunos a memorizassem com orgulho e alegria:

1492

Os professores diziam que naquele ano o continente em que viviam havia sido descoberto pelos seres humanos. Na verdade, milhões de seres humanos já estavam vivendo vidas plenas e inventivas no continente em 1492. Esse foi simplesmente o ano em que piratas dos mares começaram a enganá-los, roubá-los e matá-los.

E havia outra tolice ruim que se ensinava às crianças: que os piratas dos mares acabaram criando um governo que se tornou um farol da liberdade a seres humanos de todos os lugares. Havia retratos e estátuas desse suposto farol imaginário para que as crianças vissem. Era como uma casquinha de sorvete pegando fogo.

Na verdade, os piratas do mar que tinham mais a ver com a criação do novo governo possuíam escravos humanos. Eles usavam humanos como maquinário e, mesmo depois que a escravatura foi abolida, por ser tão constrangedora, eles e seus descendentes seguiram vendo os seres humanos comuns como máquinas.

Os piratas do mar eram brancos. As pessoas que já viviam no continente quando os piratas chegaram eram cor de cobre. Quando a escravidão foi introduzida no continente, os escravos eram negros.

Cor era tudo.

(In Café-da-manhã dos campeões)

6 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Ah, Carlos, como demorei tanto para te apresentar esse livro? hehehehehehhehe. Ele é ótimo mesmo, de um sarcasmo e sutileza ímpares. Agora estou lendo um livro de contos dele chamado "O Mundo Louco". É do mesmo quilate.

    forte e saudoso abraço,

    Mito

    ResponderExcluir
  4. Demorou, Carlos! Vonnegut vai mudar sua vida!

    ResponderExcluir
  5. Pois é meu caro Mito, Guilherme, vc me apresentou a simplesmente o autor com quem me identifiquei mais na vida :)

    Vou ler todos os livros do cara com certeza. Matadouro 5 p mim foi um marco.

    ResponderExcluir
  6. Eu aposto que foi Filipe que começou toda essa historia de Vonnegut. Hum...

    ResponderExcluir