quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Imprensa suspeita...

É engraçado ver algumas atitudes da imprensa brasileira. É tão engraçado que existem alguns jornalistas independentes (ou que tentam ser independentes, como Paulo Henrique Amorim) que acusam muitos dos setores mais poderosos da imprensa de serem golpistas.

Por exemplo, acabo de chegar de viagem do Paraná e agora encontro-me em Recife. Circulando pela cidade me deparo com um outdoor do Diário de Pernambuco, jornal mais antigo em circulação do Brasil, fazendo propaganda de Eduardo Campos, governador de Pernambuco.

No outdoor lê-se: Eduardo Campos, o melhor Governador do Brasil; homenagem do Diário de Pernambuco.

Nada contra Eduardo Campos. Quer dizer, tenho algumas restrições, mas em geral o considero um governador razoável com muito rabo preso.

Nada contra o Diário de Pernambuco. É um jornal como os outros: sempre dando muita notícia policial, política e econômica, nada de ciência e quase nenhuma cultura.

Agora, utilizar-se de um outdoor para promover a imagem de um governador, mesmo fora da época de campanha eleitoral, a meu ver é no mínimo suspeito, condenável e medíocre.

Fica aqui o meu repúdio à atitude do Diário de Pernambuco.

Louvar as atitudes de um governador não é algo ruim em si. No entanto, que confiança teremos num jornal que assim procede? Que notícias políticas serão realmente confiáveis, limpas e neutras no Diário de Pernambuco?

2 comentários:

  1. Discordo de vc Carlos! A imprensa é totalmente imparcial e justa! :):):)

    ResponderExcluir
  2. huahuahuahua

    Andre. estou em Recife. vamos marcar!

    ResponderExcluir