quarta-feira, 28 de julho de 2010

Parlamento de região espanhola da Catalunha proíbe touradas

Quando morei em Barcelona, em 2005, na frente do museu principal da cidade havia uma grande arena de touros. A maioria dos catalãos achava aquilo um absurdo. Só agora, 5 anos depois, parece que conseguiram abolir uma prática da época da Hispania Romana. Com isso, fico a me perguntar então até quando teremos o comportamento medieval de matadouros e criação de gado...

MADRID (Reuters) - Legisladores deram um golpe fatal à tourada na Catalunha nesta quarta-feira, proibindo o sangrento esporte de séculos de história pela primeira vez na Espanha continental.

O resultado de 68 votos a favor e 55 contrários à proibição era esperado, pois o Parlamento catalão já havia realizado uma votação preliminar em dezembro aceitando a petição da população para banir a tourada, argumentando ser uma crueldade aos animais. Nove parlamentares se abstiveram.

Durante o debate, legisladores citaram a decadência na popularidade da tourada na Espanha, onde menos e menos pessoas comparecem às arenas a cada ano para assistir aos toureiros usarem capas e espadas contra animais enfurecidos.

"Existem algumas tradições que não podem continuar congeladas no tempo enquanto a sociedade se transforma. Não precisamos banir tudo, mas as coisas mais degradantes devem ser banidas", disse José Rull, membro do Parlamento pelo partido nacionalista catalão, ou CiU, durante o debate.

(Reportagem de Alice Tozer)

Um comentário:

  1. O que dizer dos rodeios e vaquejadas do nosso país?!
    Acho que não fica muito atrás em matéria de crueldade com os animais.
    Quanto aos humanos atingidos... prefiro não tecer comentário.

    ResponderExcluir