sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Eles estavam usando nosso dinheiro!

O governador do Amapá, Pedro Paulo Dias (PP), o ex-governador do Estado Waldez Góes (PDT) e mais 16 pessoas foram presos temporariamente na manhã desta sexta-feira (10) durante uma operação da Polícia Federal no Estado. A Operação Mãos Limpas investiga integrantes de uma suposta organização criminosa composta por servidores públicos, agentes políticos e empresários que praticava desvio de recursos públicos do Estado (dinheiro dos moradores do Amapá) e da União (dinheiro meu e seu, caro leitor).

Dias assumiu o governo este ano após a saída de Góes, que é candidato ao Senado Federal. O atual governador é candidato à reeleição ao governo do Estado. Ambos são da coligação "O trabalho precisa continuar", composta por PP, PRB, PDT, PSL, PR, DEM, PHS, PCdoB e PTdoB (dá para entender o mote ideológico dessa coligação?).


Segundo a PF, a investigação mostra que há indícios de um esquema de desvio de recursos do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação) e do Fundef (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério) para a Secretaria Estadual de Educação.


Enfim, "o trabalho precisa continuar" é uma coligação onde já se percebeu a que tipo de trabalho eles estão se referindo. Anotem os nomes acima e lembrem-se que eles estavam usando o meu e o seu dinheiro. E ainda mais: roubando o dinheiro das criancinhas. O que você faria se alguém ousasse roubar a bicicleta do seu filho? Pois é. Eles estavam roubando coisas ainda mais preciosas que uma bicicleta!


Nenhum comentário:

Postar um comentário