segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Para não dizer que odeio sertanejo...

... odeio mesmo o tal sertanejo universitário, cujas letras carecem de criatividade e cujas melodias são altamente previsíveis. O nome "universitário" não merecia ter algo tão pobre, musicalmente falando, atrelado a ele. Eu renomearia boa parte do estilo simplesmente como "breganejo".

Gosto é gosto e não vamos discutir isso.

A música sertaneja de que gosto é simples, mas rica, com reflexões e episódios sobre a vida no campo, onde a viola é a protagonista principal.

Cinco exemplos:









Nenhum comentário:

Postar um comentário