domingo, 31 de julho de 2011


"Mas a ambição do homem é tão grande que, para satisfazer uma vontade presente, não pensa no mal que dentro em breve daí pode resultar."
Maquiavel (1469-1527), Discurso sobre a Primeira Década de Tito Lívio, II, 20.



Essa frase estava num email enviado pelo amigo Cláudio Barreto (de Recife) e achei extremamente profunda.